Na estante: Não fale com estranhos, por Harlan Coben – Resenha

E aí você dá de cara com um desconhecido no meio de um bar e com algumas poucas palavras ele revira sua vida e destrói tudo o que foi construído em família. Pesado? É isso que você vai ler logo nas 4 primeiras páginas do novo livro de Harlan Coben. Confere a resenha que esse é de tirar o fôlego, pode apostar comigo!

Continuar lendo “Na estante: Não fale com estranhos, por Harlan Coben – Resenha”

Livros imperdíveis: O que eu aprendi com o Hercule Poirot (Agatha Christie) + uma dose de motivacional

Sabe quando você começa a ler, ler e ler e a impressão que você tem é de que o seu personagem preferido é mais que um personagem pra você: vira um ídolo, admirável que se fosse uma pessoa de verdade eu dava até um beijo! haha. Tem várias teorias que explicam isso: “estamos carentes de ídolos” (blá), ” eu nunca faria isso na vida real e esse é o cara” (até vai…) ou “me lembra muito uma situação que aconteceu comigo e que se passou com esse personagem” (ai sim, super possível) e com isso emendamos um livro atrás do outro em busca da próxima aventura do nosso personagem preferido – quem nunca! 

Continuar lendo “Livros imperdíveis: O que eu aprendi com o Hercule Poirot (Agatha Christie) + uma dose de motivacional”

#Livros imperdíveis: Resgatando livros “vintage” – clássicos da literatura brasileira

Povouu, bom dia! Eu já tinha isso como um projeto, mas relutei em colocar em ação por que temia não poder cumprir como prometido…mas depois de ontem eu resolvi que é preciso, gente! É preciso resgatar a literatura básica, aquela que originou todo o processo de escrita e que muuiiitos mais muuuitos mesmo nem conhecem ou pior…acham desnecessária e velha – coisa ultrapassada!

Ontem indo para minha casa, me deparei com uma mãe dizendo assim, ó:

-” Aí a professora do meu filho passou um livro pra ele ler: a moreninha! Pô, precisava ser um livro tão velho, já tem tantos livros aí atuais e novos…pelo amor de Deus, achei um absurdo isso!” (palavras da senhora do trem…)

Continuar lendo “#Livros imperdíveis: Resgatando livros “vintage” – clássicos da literatura brasileira”