Cotidiano de nossas vidas: Seu copo tá meio cheio ou meio vazio? Sábio Churchill…

Vou ser bem direta logo no início, tá? Ver as coisas sob uma perspectiva diferente é o ponto crucial que nos diferencia em otimistas versus pessimistas, afinal, ter perspectiva é como se você estivesse olhando algo de longe…um panorama das coisas.

Se você pudesse enxergar sua vida lá na frente, como veria? Com qual perspectiva? Boa ou ruim?

Os otimistas costumam vestir uma blindagem que os protege das dificuldades. Já o pessimista, já se vê na própria dificuldade. O otimista enxerga com mais facilidade o lado bom da vida…o pessimista só enxerga o pior e tem certeza que ele terá a pior parte (por que com ele tudo é terrível e sacrificante). Quem não conhece alguém assim? E mais: quem nunca agiu assim na vida que atire a primeira pedra.

Mas, como tudo em excesso é ruim e o que diferencia o veneno do medicamento é a dose, pode ser que pensar positivamente em excesso te traga tanto prejuízo quanto se você estivesse pensando com pessimismo. O que vale mesmo é ter força mental suficiente para pensar de forma realista, racional e objetiva! 

Então, pensando em um 2017 diferente do que foi o ano anterior (e pode ter certeza que será melhor), te convido a praticar (pelo menos) metade do que está escrito aqui durante esse ano. São coisas que muitas vezes você já faz naturalmente, mas a ideia aqui é repetir o que é bom e deixar cada vez mais de lado aquilo que nos leva à uma corrente de pessimismo e negatividade. Quer embarcar nessa comigo? São 6 dicas bem interessantes:

Tenha pequenas metas, tenha fé e alcance grandes objetivos

Uma meta por vez, com passos sensatos e calculados nos impulsiona à objetivos grandes e realizáveis. Com isso, você vai ganhando confiança e se distancia da frustração. Por isso, seja realista e não exagere criando possibilidades dentro de uma realidade distante ou quase impossível. 

Há, fé nada mais é do que acreditar que algo é possível de ser alcançado. Então, tome sua dose de fé e vá buscar seus objetivos…..pense nisso!

arch-602127_960_720

Alcançou a meta? Seja grato! Agradeça

Nessa vida  nada é construído sozinho, por mais individual que seja a batalha. Se alguém te ajudou com uma palavra de incentivo, de apoio: agradeça. Uma mão amiga, um ombro para chorar, uma oração atendida…não importa! Gratidão é uma virtude que não é moeda de troca (se me der isso, te darei um aquilo), é algo a ser praticado o tempo todo.

Quer uma dica? Faça uma lista de coisas que você é grato. Assim, você saberá o que de fato vale a pena na sua vida e dará mais valor, praticando a gratidão.

 

Destaque o que foi bom, descarte o que é ruim

Deu certo, amém, senhor! Deu errado, foi um percalço no meio do caminho. Encare como um aprendizado, encha seu peito e “bora” rever o que deu errado, já que isso foi só um motivo para você parar e reavaliar. 

E o que não é bom pra gente? Descarte, ué! Se pergunte: “isso vai me fazer falta daqui pra frente?” Diminua a importância daquilo que não te faz feliz e esqueça. 

positive-725842_960_720

Concentre-se na solução e não no problema

Num livro chamado ” As vantagens de ser otimista” por Allan Percy, ele diz uma coisa bem interessante: no mundo, existem dois tipos de pessoas, as que sofrem com problemas e as que se esforçam para encontrar soluções. Sabe aquela pessoa que sabe onde o “calo aperta” e só lamenta? Não busca resolver rápido e parece que o melhor à fazer é sentar e lamentar? Há, minha filha, sai dessa e mude o seu foco!

Focar no futuro também ajuda nesses casos…que tal pensar “no que eu posso fazer daqui pra frente” ao invés do “o que eu deveria ter feito”?

Comprometa-se a fazer melhor a cada dia

Todo mundo pode fazer algo de bom e melhor à todo momento. Que tal começar agora, então? Quem foi mordido pelo bichinho do otimismo consegue interpretar um fracasso como um motivo para se superar sem abandonar o seu objetivo. Cada vez que você erra, é uma oportunidade de melhoria, de fazer diferente…então, seja comprometido com o melhor para você. 

Uma experiência negativa hoje pode ser o começo de algo positivo no futuro.

sheep-1644144_960_720

 

Encontre o que te faz feliz e não deixe escapar

Nada melhor do que viver cercado de pessoas incríveis, um emprego incrível, ter um momento de lazer, não é verdade? Depois que você descobrir o que te agrada, que tal manter isso na sua vida? Por mais momentos do seu lazer preferido, por mais encontros com amigos que te fazem rir…

Por que temos que ter apenas momentos de felicidade e prazer quando podemos ter prazer constantemente? 

Tá, nani…mas o que tem o copo lá do título?

Como você enxerga um copo com água depois de bebê-lo? Sabe aquela história de copo meio cheio ou meio vazio? Isso nada mais é do que a forma como enxergamos uma questão, a tal da perspectiva. 

E o Churchill?

Um pessimista vê a dificuldade em cada oportunidade; um otimista enxerga a oportunidade em cada dificuldade.” – Winston Churchill

Decida acreditar em coisas boas, experiências boas e se esforce em controlar suas emoções para que elas não controlem você.

Já me segue nas redes sociais?

Facebook e Instagram

redes-sociais

bjbj ♣nani

10 comentários em “Cotidiano de nossas vidas: Seu copo tá meio cheio ou meio vazio? Sábio Churchill…

  1. ” O que diferencia o medicamento do veneno é a dose …” Falou tudo !! Amei o post , realmente temos que saber equilibrar todas as coisas nessa vida, tanto para evoluir como para simplesmente viver ! As dicas são ótima , Razoo!! Beeijos

    Curtir

  2. Na vida temos quer ter sempre uma perspectiva para seguir em frente, alguns pensam nas boas e outras nas ruins, mas temos que pensar que tudo vai dá certo, mesmo que as coisas digam ao contrário, gostei muito das suas dicas vamos ser sempre positivo, e seguindo a sua dica vamos encontrar o que nos faz feliz, e fazer melhor a cada dia, bjs.

    Curtir

  3. Nani eu adorei esse Post e amei o seu Blog.
    Tenho muitos objetivos e espero alcançar todos, mas se não consegui esse ano tentarei no próximo e no próximo. Não desisti Jamais.
    Seguindo seu Blog. Parabéns e muito Sucesso.

    Curtir

  4. Eu sou super pé no chão, as vezes as pessoas enxergam isso como pessimismo rsrs Mas eu acho que se não conhecemos nossos problemas não conseguimos arrumar uma solução satisfatória rsrs concordo que precisamos dosar ambos 🙂

    Curtir

  5. Adorei o post, realmente nos faz pensar! Mas eu tenho uma tendência bem pessimista quando algo se diz respeito à mim, não sei porque, talvez porque eu conheça o meu jeito “largada” de ser, ou não.. É meio dificil..
    Beijos :*

    Curtir

  6. Muita sábia a visão de Churchill sobre o otimismista e o pessimista e eu seria hipócrita se não assumisse que as vezes fico variando entre um ponto de vista e outro rs. Mas com certeza fazendo um auto exame, busco sempre focar e dar destaque para uma visão mais otimista. Afinal, se quero colher o sucesso no futuro de minhas atitudes do presente, que sejam os frutos do meu otimismo, e não do contrário!
    Amei o post!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s