#Cotidiano de nossas vidas: – Como você está? Eu estou bem?

Oi povooo! Como vocês estão? A pergunta é simples e todo dia vem alguém diferente fazê-la a você, certo? Tem dias em que estamos bem de fato e dias que não..mas eu não estou falando de momentos, estou falando de você no geral! Você tem sido honesta (0) com você mesma (o) e se conhece de verdade? Por que eu não choro quando vejo um filme romântico enquanto muitos se matam de tantas lágrimas, por que eu sofro vendo alguém feliz e não me alegro com o que tenho, por que não consigo fazer amigos com a rapidez que muitos conseguem e enfim…eu-eu-eu-não-não-não!

Reparou que em todas as frases sempre há uma comparação eu com alguém? O tempo todo, sem que eu queira, olho alguém e o modo como essa pessoa é e se comporta e, além disso, olho para mim de forma negativa !?

Por isso, comecei lá no título te perguntando: eu estou bem? Quem sou eu na fila do pão…quem sou eu lidando com os meus conflitos e problemas…quem sou EU DE VERDADE ! Tá muito ruim saber ou nunca se olhou por dentro, para seus sentimentos, no que te move, no que te desperta vontades e sentimentos? Pensando nisso, vou elencar aqui 10 pontos que me despertaram para escrever essa matéria para vocês, tudo bem? Reflitam comigo ponto a ponto e tentem enxergar isso dentro de vocês…

1 – Observe seus hábitos e suas reações: a nossa memória é seletiva (lembramos de coisas boas ou ruins num piscar de olhos dependendo de como estamos) e acabamos canalizando um enxurrada de pensamentos ao mesmo tempo muitas vezes nos piores momentos (tipo quando alguém te ofende na hora vem na mente uma ofensa anterior e você pensa como é idiota..”já aconteceu uma vez, aconteceu agora e vai ser sempre assim mesmo”, você diz).

6239a2bbe04f2b301bb9813e981c7f3b3adefce8

PARA e pensa nas situações e vê só se essa ofensa não é fruto de algo que você mesma (o) criou? Tomo grosseria atrás de grosseria por que o mundo está grosseiro ou eu que estou sendo grossa e as pessoas estão reagindo à um hábito/comportamento meu???

2- Seja honesto com você mesma (o): Okok, fui grosseira nas situações que as pessoas foram comigo, sendo que elas apenas “revidaram” e reagiram…ou me ofenderam por que eu toquei em um assunto tão delicado, tão delicado que invadi a intimidade da pessoa sem que ela permitisse, gerando uma ofensa…RECONHEÇA que tem pontos a melhorar!!

3 – Não comece numa onda de negação e isolamento: primeiro eu começo a achar que todos estão errados e eu estou certa (o), numa onda de negação, de não reconhecimento…ou faço pior, me isolo achando que o mundo está contra mim ou que eu não boa o suficiente, não sou merecedora de ter determinada coisa. Tenha LUCIDEZ para encarar seus conflitos internos e seja humilde e guerreira (o) para reconhecê-los e mudar o rumo da sua história!

4- Pare de projetar seus problemas e seu modo de ser a alguém ou alguma coisa: o coitadismo aqui emperra qualquer pessoa e também tem outra coisa, a vitimização dos problemas. Sabe aquela pessoa que acha que todos os seus problemas são por causa do que o outro fez, ou se acha inferiorizado perante alguém?

Claro que tem situações que a culpa é do outro, sim! Mas será que tudo? E vou além…sabe aquela pessoa que ganhou uma promoção na sua frente e você julga que ela é menos capaz de você…será que eu não preciso me capacitar mais, OLHAR PARA MIM como uma pessoa tão capaz quanto qualquer outra?!

eu

5- Encare com bom humor o que você não gosta em si mesmo: pois bem,  já sei no que preciso melhorar e não vou carregar isso como um fardo pesado nem feio. Então encare com leveza e bom humor e tire sarro de si mesma e do que te incomoda. Aos poucos você vai perceber que com ALEGRIA a gente consegue superar com mais facilidade os problemas do que com seriedade e mau humor.

6- Tenha paciência: não se encha de cobranças e NÃO ESTIPULE PRAZOS para modificar aquilo que te incomoda em você, respeite seus limites de tempo e tenha calma para se encontrar no meio das suas descobertas. Assim você não corre o risco de retomar com emoções que você já deixou para trás.

7- Renove ou adquira força de vontade sem esquecer seus limites: não haja com conformismo, não aceite coisas que você já viu dentro de você que não são boas, que você não gosta! Sabe aquela frase “nasci assim, sou assim e vou morrer assim” ou pior “estou velha demais para mudar”? Cruzes, para com isso! Pare de se aprisionar no passado, achando que a história já foi construída…SAIA DA SUPERFICIALIDADE e não bloqueie o que há de melhor em vocês mesma (o).

8- Você nunca está sozinho: nunca estamos sozinhos nesse mundão, gente. Tem sempre um amigo, um membro da família, um parceiro (a) e tantos outros que nos ensinam e nos acolhem nos momentos que precisamos. Nesse momento de reflexão interna, procure conversar com essas pessoas para ter a percepção do que você ainda não enxergou em você mesma ou além…o que você já percebeu que precisa melhorar e ratificar (confirmar) isso. Ouvir  é sempre bom e ter um ombro e um ouvido para NOS ACOLHER é demais!

tumblr_mcmks3m6OB1qep7exo1_1280

9- Palavras=Pensamentos=Sentimentos: essa é muito boa. Palavras geram pensamentos, sejam bons ou ruins, que geram sentimentos bons ou ruins. Simples assim! E isso não é problema do cosmo, do carma, do horóscopo, do destino! Se você já abre os olhos pensando que seu dia vai ser uma tristeza só por que você vai para um emprego chato, isso gera automaticamente pensamentos ruins (“eu poderia estar fazendo qualquer coisa, menos estar indo pra aquele ludar…perder tempo…”) e no fim sobra o que?

Raiva, desgaste físico por que você já vai mal e um sentimento de impotência por que você precisa do dinheiro que o seu trabalho ruim te proporciona, entende? Ficou claro que PALAVRAS BOAS geram PESAMENTOS BONS que geram SENTIMENTOS BONS!

10- Cuide de você mesma (o): o foco quem é nessa história toda, gente? VOCÊ, VOCÊ E VOCÊ…então foque em você, somente. Cuide de sua mente, das suas habilidades, da sua personalidade e da sua saúde, observando até onde você se conhece, até onde sua saúde aguenta (tanto mental quanto física). Aqui eu não estou  falando em ser egoísta, em pensar somente em si, veja bem meu povooo.

Estamos aqui num momento em você com você mesma, se conhecendo, curtindo o que há de melhor em você e descartando aquilo que você julga que não faça bem para você. Claro que no caminho você vai perceber que o que não te faz bem reflete nos outros de forma negativa, também. Não descarte isso – a opinião dos outros!

Eu não poderia deixar de citar os livros que li que me inspiraram a escrever essa matéria de hoje para vocês: “A lei da atração, de Michael Losier”, “O turista interior, de Allan Percy” e “O código da inteligência, de Augusto Cury”. Os 10 pontos se misturam também com as minhas experiências de vida e espero que de alguma forma isso ajude a cada um por aqui, leitor, seguidor ou passageiro rsrs!

Há, quando alguém te cumprimentar depois disso, que vocês de fato estejam bem…por dentro e por fora!

(essa matéria te ajudou de alguma forma?)

bjbj ♣nani

9 comentários em “#Cotidiano de nossas vidas: – Como você está? Eu estou bem?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s